TSP Messenger Minimizar  Aumentar
Para usar faça LOGIN ou CADASTRE-SE
Digite aqui: Enviar

Anvisa resolve proibir mamadeiras com bisfenol A e mal dá prazo para retirada do mercado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem acompanha o site, deve ter visto aqui que já foram feitos estudos internacionais comprovando que o bisfenol A, substância presente no policarbonato, pode trazer riscos a saúde. Apesar de não ser apresentado nenhum caso de doença originada diretamente por essa substância, alguns países já proibiram o uso de policarbonato em mamadeiras por precaução, tendo em vista que o bisfenol A pode se soltar de suas paredes ao entrar em contato com água quente.

Mamadeira de policarbonato

Apesar da proibição no Brasil estar ocorrendo somente agora (a partir de janeiro/2012), desde outubro de 2010 a indústria já havia parado de produzir mamadeiras com bisfenol, por iniciativa própria. Porém, muitos fabricantes e importadores ainda têm produtos com a substância em estoque, e o prazo da Anvisa para retirada das mamadeiras do mercado é muito curto.

"Se a indústria já estava sinalizando que era a favor da mudança, e já que a Anvisa não nos ouviu, teria de haver bom senso para estabelecer prazos viáveis. Não há estudos mostrando que há perigo iminente", diz Miguel Bahiense, presidente da Plastivida.

E como se já não bastasse o curto prazo dado pela Anvisa, a industria ainda terá que agüentar a ignorância da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, que lidera uma campanha contra o uso da substância em brinquedos e embalagens plásticas, o que além de ser raro já que esses produtos geralmente são produzidos em outros tipos de plásticos como o PP e o ABS, mesmo quando feitos em policarbonato não geram riscos apenas pelo manuseio ou contato com a boca.

Fontes: Folha.com (17/09/11) / Jornal da Manhã (21/09/11) / Jornal do Brasil (16/09/11)

 

 

 

Veja também:

Contratipos de PP
Proibição das sacolas plásticas: burrice por parte dos governantes e ambientalistas
Absorventes e fraldas usadas viram telhas e tubos
Fibra de vidro
Fluidez e Viscosidade
Processo de injeção
Síntese do PS
Ainda não encontrou o que procurava? Dê uma olhada no nosso fórum!

Artigo postado em 09/10/2011

Sobre o autor:
Daniel Tietz Roda é Tecnólogo em Produção de Plásticos formado pela FATEC/ZL e Técnico em Projetos de Mecânica pela ETEC Aprígio Gonzaga. Trabalha na área de assistência técnica e desenvolvimento de plásticos desde 2008 e atualmente coordena o depto. técnico da Ambiental Recicladora.

 

 

© 2010-2011 - Tudo sobre Plásticos. Todos os direitos reservados.

Página inicial - Política de privacidade - Contato