TSP Messenger Minimizar  Aumentar
Para usar faça LOGIN ou CADASTRE-SE
Digite aqui: Enviar

PIGMENTOS INORGÂNICOS ÓXIDOS E HIDRÓXIDOS

 

Os metais de transição são responsáveis pela cor de muitos pigmentos inorgânicos. Óxidos metálicos e óxidos-hidróxidos são particularmente importantes como pigmentos coloridos por causa de suas propriedades ópticas, baixo custo e disponibilidade. Os pigmentos coloridos baseados em óxidos e óxidos-hidróxidos são compostos de um componente simples ou fases mistas.

1. Pigmentos de Óxido de Ferro

Possuem a vantagem de serem geralmente atóxicos, quimicamente estáveis, baratos e disponibilizarem uma grande variedades de cores como amarelo, laranja, vermelho, marrom e para preto. 

1.1 Pigmentos Naturais de Óxido de Ferro

Já eram usados desde a pré-história e posteriormente por egípcios, gregos e antigos romanos. 

A hematita (alfa-Fe2O3) tinha importância econômica como pigmento vermelho, a ghoetita (alfa-FeOOH) como amarelo, a umbra e terra-de-siena como pigmentos marrons. Ocorrendo naturalmente, a magnetita (Fe3O4) tinha pobre poder de tingimento como pigmento preto. 

A hematita é encontrada em grandes quantidades em Málaga, na Espanha (vermelho espanhol) e próximo ao Golfo Pérsico (vermelho persa). O vermelho espanhol possui um tom marrom enquanto o persa tem um matiz puro, porém sua solubilidade em água é desvantajosa em algumas aplicações. 

A goethita é o componente do amarelo ocre e ocorre principalmente na África do Sul e França.

 A umbra é encontrada em Chipre. No estado bruto tem a cor entre o marrom escuro para o marrom esverdeado e, quando calcinado, é marrom escuro com tom avermelhado (umbra queimada).

 A terra-de-siena, geralmente encontrada na Toscana, é amarelo-marrom no estado natural e vermelho-marrom quando calcinada. 

1.2 Pigmentos Sintéticos de Óxido de Ferro

 Os pigmentos sintéticos de óxido de ferro estão ganhando importância por causa de seu matiz puro, propriedades de compatibilidade e poder de tingimento. Na forma de componente simples são geralmente produzidos com as cores vermelho, amarelo, laranja e preto. Sua composição corresponde aquela dos minerais hematita, goethita, lepidocrocita e magnetita. Os pigmentos marrons geralmente consistem da mistura do vermelho (e/ou amarelo) e preto. 

2. Pigmentos de Óxido de Cromo

Os pigmentos de óxido de cromo (Cr2O3) são um dos poucos “componentes-simples” com coloração verde. O cromo verde é uma blenda do cromo amarelo e pigmentos de ferro azul; o cromo ftalocianina verde é uma blenda do cromo amarelo e de pigmentos ftalocianina azuis.

 O óxido-hidróxido de cromo e o óxido de cromo hidratado (verde de Grignet) possuem uma cor azul-esverdeada muito atrativa. Possuem baixa opacidade, mas oferecem excelente resistência a luz e boa resistência mecânica, além de baixa perda de água em aplicações a altas temperaturas. 

O uso do óxido de cromo (III) como pigmento em brinquedos, cosméticos e produtos que entram em contato com alimentos é permitido por regulamentos internacionais, desde que respeitados os limites da presença de metais pesados, o que é facilmente alcançado com a maior parte dos pigmentos a base de óxido de cromo. 

3. Pigmentos de Óxido Metálico Misto (OMM)

 Os pigmentos de óxido metálico misto (OMM) são pigmentos de alta performance com excelentes propriedades de solidez quando usados em plásticos.

 Em aplicações que requeiram alta opacidade, estabilidade térmica, reflectância, resistência a luz e às intempéries, assim como resistência química, têm todos os motivos para usar esses pigmentos.

   
   
 
 

Veja também:

A Influência da umidade em plásticos
Os plásticos e as cores
Processo de sopro
Problemas e soluções de injeção
Moldes para injeção de termoplásticos
Extrusão
Equipamentos para secagem de plásticos

Ainda não encontrou o que procurava? Dê uma olhada no nosso fórum!

Artigo postado em 02/01/2011

Sobre o autor:
Daniel Tietz Roda é Tecnólogo em Produção de Plásticos formado pela FATEC/ZL e Técnico em Projetos de Mecânica pela ETEC Aprígio Gonzaga. Trabalha na área de assistência técnica e desenvolvimento de plásticos desde 2008 e atualmente coordena o depto. técnico da Ambiental Recicladora.

   
   
© 2010-2017 - Tudo sobre Plásticos. Todos os direitos reservados.
Página inicial - Política de privacidade - Contato