TSP Messenger Minimizar  Aumentar
Para usar faça LOGIN ou CADASTRE-SE
Digite aqui: Enviar

AGENTES NUCLEANTES

 

Os agentes nucleantes são usados em polímeros para aumentar a taxa de cristalização. Esses agentes são adicionados em polímeros parcialmente cristalinos para modificar a temperatura de cristalização, o tamanho dos esferulitos, a densidade, o impacto e as propriedades elásticas. Essa contaminação intencional realiza essas funções criando localidades de formação cristalina.

Simplificando...

Os agentes nucleantes atuam nos polímeros formando minúsculas (ou microscópicas) esferas chamadas de esferulitos, isso facilita o processamento aumentando a fluidez do material, diminui o ciclo de injeção por reduzir o tempo de resfriamento, além de tornar a contração mais homogênea. A solidificação dentro do molde, sendo o termo mais correto “cristalização”, é acelerada com o agente nucleante já que os esferulitos rapidamente se sobrepõem formando contornos planos.

Uma analogia que podemos fazer, pelo menos no que se refere ao processamento do plástico aditivado com agente nucleante, é comparar a injeção de material granulado e de material moído, o granulado (esferulito) flui melhor no funil do que o moído, facilitando a dosagem.

Agentes nucleantes usados em plásticos

Os agentes nucleantes podem ser adicionados ao polímero durante a produção do composto via extrusão, na forma de pó ou masterbatch durante a injeção.

Os principais são o talco e o caulim, usados como agentes nucleantes quando em proporções baixas (< 5%) e também como cargas para melhoria superficial da peça produzida, quando em proporções acima de 10%. O polietileno de baixa densidade linear (PEBDL) também age como agente nucleante no PET, assim como a poliamida 6.6 na poliamida 6 ou outros nylons de ponto de fusão menor que 250°C.

Outros agentes utilizados em aplicações mais específicas:

Tipos de sorbitol substituídos: usados no PP com proporção entre 0,1 e 0,3% atuam como agentes de nucleação e de clarificação;

Benzoato de sódio: usado como agente nucleante no nylon e no PP homopolímero em proporções menores que a de sorbitol, foi aprovado pela FDA para aplicações no PP de embalagens alimentícias e farmacêuticas, porém, em maio de 2007 um pesquisador da Inglaterra divulgou um artigo indicando que o benzoato de sódio causa sérios danos ao DNA mitocondrial em células de fermento, a partir do qual deveria ser submetido a investigação por autoridades britânicas.

Resinas ionoméricas: são sais metálicos de etileno/copolímeros de ácido metacrílico usados para controlar a cristalização do PET, sua aplicação fica abaixo de 1%.

   
   
 
 

Veja também:

Processos de transformação de termoplásticos
Elastômeros
Acrilonitrila-butadieno-estireno - ABS
Fibra de vidro
Assuntos técnicos em geral
Contaminantes poliméricos
Síntese do PS
Ainda não encontrou o que procurava? Dê uma olhada no nosso fórum!

Artigo postado em 06/03/2011

Sobre o autor:
Daniel Tietz Roda é Tecnólogo em Produção de Plásticos formado pela FATEC/ZL e Técnico em Projetos de Mecânica pela ETEC Aprígio Gonzaga. Trabalha na área de assistência técnica e desenvolvimento de plásticos desde 2008 e atualmente coordena o depto. técnico da Ambiental Recicladora.

   
   
© 2010-2017 - Tudo sobre Plásticos. Todos os direitos reservados.
Página inicial - Política de privacidade - Contato